Homem suspeito de participar da tentativa de assalto em Guarapuava morre em confronto em PG

Caso aconteceu nesta segunda (2). Polícia disse que homem foi localizado durante operação que cumpria mandados de busca e apreensão. Foto: RPC Ponta Grossa

A Polícia Militar (PM-PR) divulgou que, nesta segunda-feira (2), um homem suspeito de participar da tentativa de assalto em Guarapuava, na região central, foi morto em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, após um confronto.

De acordo com a polícia, o caso aconteceu durante a “Operação Parador 27”, que cumpriu mandados de buscas e apreensões. A PM não deu detalhes sobre o homem que morreu, nem sobre o confronto, se resumindo a informar que o suspeito foi localizado durante a operação e que ele reagiu a uma abordagem.

“Durante o deslocamento para os cumprimentos dos mandados de busca e apreensão, as equipes depararam com um elemento suspeito da participação nos acontecimentos no município de Guarapuava e, na tentativa de o abordar houve a reação, vindo o elemento a sacar uma arma de fogo do tipo pistola de calibre 765mm, efetuando disparos em direção aos militares, havendo então um confronto, no qual o cidadão foi alvejado”.

Armas, munições e materiais apreendidos na operação desta segunda (2) — Foto: 1° Batalhão de Polícia Militar

Este é o segundo homem morto em confronto que a PM diz ter suspeita de envolvimento na tentativa de assalto. O primeiro caso aconteceu no dia 27 de abril, em Guarapuava, no bairro Vila Bela.

No caso de Ponta Grossa, a polícia disse que chegou a acionar socorro médico para o suspeito, porém, ele não resistiu e morreu no local. A polícia atribuiu a suspeita de participação dele no crime em Guarapuava ao setor de inteligência da PM-PR.

Apreensões

A PM informou, também, que na casa do suspeito foram encontrados entorpecentes, balança de precisão e dinheiro. Os objetos foram encaminhados à 13ª SDP, juntamente com outros dois suspeitos que também estavam na residência.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Esquadrilha da Fumaça retorna ao Sul para apresentações no PR, SC e RS

leia a próxima

Detento morre na cadeia pública de União da Vitória