Operação feita pela Receita Estadual e Ministério Público resulta na apreensão de carne em Cruz Machado

Na última sexta-feira (1º), a Delegacia Regional da Receita Estadual de Guarapuava, região centro-sul do estado, deflagrou uma operação conjunta com o Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho e Secretaria da Saúde com objetivo de fiscalizar estabelecimentos varejistas de carne no município de Cruz Machado, no sul do estado. As informações foram divulgadas pela Agência Estadual.

Além dos aspectos tributários como a sonegação de impostos, a operação visou a retirada de produtos impróprios para consumo ou de origem duvidosa/irregular.

Ao todo foram fiscalizados 12 estabelecimentos e 4 veículos.  A Receita Estadual aplicou 15 autos de infração no valor de R$39.869,21 como consequência de várias irregularidades como o transporte e armazenamento de mercadorias sem nota fiscal.

As medidas cautelares realizadas resultaram em aproximadamente 5 toneladas de carnes diversas apreendidas e inutilizadas; 180 litros de bebidas alcoólicas clandestinas apreendidas e inutilizadas; 176 quilos de demais produtos alimentícios apreendidos e inutilizados; 36 quilos de produtos alimentícios vencidos retirados das gôndolas, apreendidos e inutilizados; 170 litros de bebidas diversas vencidas e/ou fraudadas retiradas das gôndolas, apreendidas e inutilizadas; 293 unidades de medicamentos diversos interditados cautelarmente no estabelecimento até julgamento de PAS; 1 equipamento do tipo serra fita interditado cautelarmente.

A força-tarefa contou com o apoio do 27º Batalhão da Policia Militar que forneceu assistência e segurança ao trabalho das equipes.

A operação contribuiu para que os consumidores paranaenses tenham produtos de qualidade e que não representem riscos à saúde.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Inscrições para o Processo Seletivo para estagiários da Prefeitura encerram na sexta-feira

leia a próxima

Mãe e filha são aprovadas na UFPR e farão engenharia juntas