Neste semestre, TCE-PR fará auditorias financeiras em municípios paranaenses

Esse tipo de fiscalização, cada vez mais utilizado no sistema de controle externo brasileiro, busca apurar informações mais fidedignas sobre a gestão orçamentária, financeira e patrimonial.

Ainda no segundo semestre deste ano, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná realizará auditoria governamental financeira em municípios paranaenses. As auditorias, integrantes do Plano Anual de Fiscalização (PAF) de 2022, serão executadas de forma presencial, por auditores de controle externo lotados na Coordenadoria de Auditorias (CAUD) do TCE-PR. Os municípios serão selecionados conforme critérios técnicos. 

A competência para realizar auditorias financeiras é assegurada aos Tribunais de Contas pela Constituição Federal. Atualmente é uma tendência no Sistema Tribunais de Contas brasileiro e tem sido fomentada por diversas entidades, como a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o Instituto Rui Barbosa (IRB), o Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e o Banco Mundial. 

De acordo com as Normas Internacionais das Entidades Fiscalizadoras Superiores aplicáveis ao tema, o propósito de uma auditoria de demonstrações financeiras é aumentar o grau de confiança dos usuários por meio de opinião que forneça razoável segurança quanto à existência ou não de distorções relevantes nas informações financeiras divulgadas. 

Com essas ações fiscalizatórias, o TCE-PR busca aumentar a transparência, a credibilidade e a utilidade das prestações de contas, assegurando assim aos cidadãos e seus representantes informações fidedignas sobre a gestão orçamentária, financeira e patrimonial dos entes municipais. 

Redação Portal RDX

Ler anterior

Horóscopo do dia 05 de Agosto (Sexta-Feira)

leia a próxima

Acusados de matar radialista Paulinho sabiam que tinham sido descobertos