Homem é preso após agredir esposa e ameaçar vizinhos na Vila Americana

Um homem foi preso por violência doméstica, na noite desta segunda-feira (6), na Vila Americana, após agredir a esposa e ameaçar os vizinhos.

A Polícia Militar foi até o local, onde recebeu a informação de que a vítima estava pedindo por socorro. A vítima disse que após jantar na casa de amigos, o cônjuge saiu e bebeu, e ao retornar para casa, começou uma discussão, e logo em seguida, lhe agrediu com dois tapas no rosto do lado esquerdo. Ao pedir ajuda ao vizinho, o autor foi até o portão e fez ameaças, utilizando uma arma, modelo airsoft.

No momento em que os policiais chegaram ao local, a PM questionou sobre o simulacro, porém o mesmo disse que fazia algum tempo que havia emprestado. Porém, os policiais revistaram a casa e encontraram escondido embaixo da cama e fora da embalagem.

Diante do desejo de representação da vítima, ambos foram encaminhados ao Pronto Atendimento Municipal e posteriormente à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o objeto utilizado nas ameaças.

Na delegacia, o autor passou a oferecer resistência ativa, e com isso, foi necessário fazer o uso de spray de pimenta e da força para conter o mesmo. Ainda, ao sair do Pronto Atendimento Municipal, o rapaz passou a chutar o camburão da viatura, causando danos.

Denuncie casos de violência doméstica através do 180

Apesar dos avanços obtidos pelas mulheres na defesa de seus direitos, a violência contra a mulher ainda é um grave problema social. Muitas vezes por medo ou por intimidações de diversas naturezas, as vítimas de violência doméstica não denunciam os agressores.

Se você sofre ou presenciou algum tipo de violência contra as mulheres, denuncie. Existem diversos serviços e instituições que podem prestar o atendimento e o apoio necessários para romper o ciclo da violência.

A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 é um canal criado pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, que presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias de violência contra a mulher aos órgãos competentes, bem como reclamações, sugestões ou elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento. A denúncia pode ser feita de forma anônima Disponível 24h por dia, todos os dias. Ligação gratuita.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Dupla é detida após furtar protetores solares de farmácia no centro de São Mateus do Sul

Ler próxima

Morador de Antônio Olinto cai no golpe do nudes e perde quase R$ 18 mil