Irati recebe R$ 1,8 milhão para construção de ciclovia

Nova pista de 6,2 quilômetros será construída na área urbana do município.

Os ciclistas de Irati serão contemplados com um novo projeto já nos próximos meses. O município recebeu recursos na ordem de R$ 1,8 milhão a fundo perdido do governo do Estado, por meio de emenda parlamentar do deputado estadual, Nelson Justus, que visitou a cidade na quarta-feira (6). No total, serão construídos 6,188 km de ciclovias em faixa dupla, com 2,5 m de largura. 

As obras incluem serviços de terraplanagem, base e sub-base, pavimentação, adaptações no meio-fio e nas calçadas, urbanização e pintura de faixas e sinalização horizontal. Também serão colocadas placas de sinalização vertical e de comunicação visual. Em alguns locais, os passeios e meios-fios serão substituídos, parcialmente, para adequação. Em outros pontos, será feito um trabalho de tapa-buracos. 

O novo trecho de ciclovia, que deve ser licitado nos próximos meses, integra o grande projeto da construção de ciclovias em Irati, de acordo com o prefeito Jorge Derbli. “Nós temos um projeto de governo de 30 km de ciclovias em Irati. Já tínhamos feito 2 km, e agora, ganhamos mais 6 km com este recurso, e daremos continuidade para melhorar as condições dos ciclistas e pedestres em Irati. Não podemos pensar somente em veículos, mas também nas pessoas. Para quem anda de bicicleta, esta ciclovia vai facilitar muito o trânsito das pessoas que moram nos bairros e precisam ir ao centro para trabalhar e estudar”, frisou o prefeito.

O secretário de Esportes e Lazer, André Demczuk, salienta que a obra é fundamental, tendo em vista que a questão da mobilidade urbana tem sido muito discutida. “Além disso, o transporte, por meio da bicicleta, faz contribuição ambiental e econômica, promovendo menos poluição e uso de veículos. A bicicleta ainda promove a atividade física e o lazer. Então, englobamos todas essas capacidades com a construção de ciclovias”, diz Demczuk, ressaltando que ainda há muito a se fazer e que, com certeza, os 30 km serão construídos pela gestão.

Nelson Justus destacou a importância de se investir em um projeto como este e na qualidade de vida dos cidadãos. “A questão da ciclovia é um projeto maravilhoso. É nisso que temos que investir: na qualidade de vida dos nossos moradores, sejam jovens, idosos, esportistas, todos querem um espaço para viverem bem”, comentou Justus.

O novo trecho de ciclovia passará pelas seguintes ruas: 

– RUA DA LIBERDADE, entre as Ruas 15 de Novembro e Carlos Thoms

– RUA CONSELHEIRO ZACARIAS, entre as Ruas Carlos Thoms e Albino Grigoletti

– RUA ALBINO GRIGOLETTI, entre as Ruas Conselheiro Zacarias e João Batista Guerreiro

– RUA JOÃO BATISTA GUERREIRO, entre as Ruas Albino Grigoletti e Nestor Clair

– RUA NESTOR CLAIR, entre as Ruas João Batista Guerreiro e Walter Thoms

– RUA WALTER THOMS, entre a Rua Nestor Clair e Alameda Virgílio Moreira

– ALAMEDA VIRGÍLIO MOREIRA, entre a Rua Walter Thoms e rotatória da Avenida José Galicioli

– RUA DOUTOR ARMANDO VAN DER LARS, entre a Avenida Vicente Machado e Rua Abílio Carvalho Bastos 

– RUA ABILIO CARVALHO BASTOS, entre a Rua Doutor Armando Van der Lars e Avenida Getúlio Vargas 

– AVENIDA GETÚLIO VARGAS, entre as Ruas Abílio de Carvalho Bastos e Ivaí 

– RUA DOUTOR JOÃO CÂNDIDO FERREIRA, entre as Ruas Caetano Zarpellon e Doutor Amando Van der Lars

Com informações da Assessoria de Imprensa

Redação Portal RDX

Ler anterior

Eleição de outubro terá urna eletrônica mais rápida e moderna

leia a próxima

Fórum Eleitoral realiza projeto com colégios para retirada do título de eleitor dos jovens de 16 anos