Curitibana descobre gravidez apenas quatro horas antes de dar à luz

Caso aconteceu no dia 27 de novembro e pegou toda família de surpresa. Foto: Arquivo Pessoal.

A curitibana Elaine Cristina estava trabalhando normalmente quando começou a sentir algumas dores abdominais, no dia 26 de novembro. Poucas horas depois, foi para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pinheirinho, em Curitiba, e descobriu que estava grávida e já em trabalho de parto. Após quatro horas, a mulher deu à luz a uma menina chamada Sabrina Gabrielle Wendt.

O caso pegou toda a família de surpresa, já que Elaine tem uma filha e as dores, desta vez, foram um pouco diferentes.

“Eu descobri na hora de ganhar mesmo. Começou, digamos, na segunda-feira um sangramentinho (sic). Tive uma cólica de segunda pra terça e pensei que fosse uma menstruação. Comprei um remédio de cólica bem forte. Pedi pra ela dar o remédio mais forte, para conseguir trabalhar no dia seguinte”, explicou Elaine em entrevista à Banda B na tarde desta quarta-feira (8).

Foto: Arquivo pessoal.

Porém, as dores de Elaine continuaram e, a partir deste momento, não teve jeito, ela teve que ir para UPA ver o que era. “A minha filha mais velha tem dois anos e quatro meses e eu já sei como é. Chegando lá, elas fizeram o toque, colocaram o aparelho e eu já escutei o coração da Sabrina, aquele barulhinho. Na hora, eu só chorei. Ela me falou que era suspeita de gravidez”, detalhou.

Sobre dores abdominais e a barriga, a mãe acreditava que, na verdade, se tratava de diástase, que é o afastamento dos músculos abdominais.

“Eu senti uma cólica, tinha um barriga. Porém, antes, achei que era uma menstruação. Não imaginava que poderia ser uma gravidez. Pegou e meu marido de surpresa”, explicou.

Após o nascimento, Sabrina ficou bem, saudável e agora está integrando a família que a recebeu com os braços abertos.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Tudo Peças – Peças Automotivas inaugura em São Mateus do Sul

Ler próxima

1,1 milhão de paranaenses não tomaram a segunda dose, aponta estudo da Secretaria de Saúde