União da Vitória realiza operação para apreensão de animais soltos em via pública

(Divulgação)

Organizada pelo CEJUSC (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania), juntamente com a Prefeitura de União da Vitória, por meio do Setor de Defesa Animal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Estadual, realizaram na tarde de terça-feira, 09, uma operação com o objetivo de realizar o levantamento e a apreensão dos animais de grande porte soltos em vias públicas.

A operação busca por cavalos soltos e seus responsáveis. A retirada preventiva é uma das medidas adotadas. Os animais vão permanecer sob os cuidados do município. Para rever a posse sobre eles, o proprietário poderá retirar após o pagamento de multa. Do contrário, serão encaminhados para doação.

O objetivo da participação do CEJUSC na operação foi de realizar o trabalho preventivo para evitar futuras judicializações, como ressalta o Juiz de Direito, Carlos Mattioli “É uma procura que ocorre com bastante frequência em vários sentidos: desde a pessoa que se preocupa com o bem estar animal, temos identificado alguns animais sofrendo maus tratos; tem o risco para vias públicas, pedestres, ciclistas, já ocorreram acidentes de trânsito em virtude de animais soltos; além da invasão de propriedades privadas pelos animais” completa.

Nas últimas semanas a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, construiu um espaço específico para acomodação dos cavalos apreendidos, observando os padrões para o bem estar animal. Ainda no final do ano de 2020, a Prefeitura adquiriu um reboque para o transporte de animais de grande porte, situações que possibilitam a intensificação do trabalho de recolhimento desses animais.

“Esta parceria com o CEJUSC, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e Prefeitura, permite a intensificação dos trabalhos. É necessário que as pessoas que deixam seus animais soltos – animais que muitas vezes sofrem maus tratos – sejam penalizadas. Os animais serão recolhidos, os proprietários serão multados e caso não haja regularização os animais irão para doação”, explica Bachir Abbas, Prefeito de União da Vitória.

Ao final da operação foram apreendidos 5 animais, e os proprietários foram orientados.

Com informações Assessoria

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Repórter RDX FM.

Leia o anterior

Bombeiros utilizam técnicas de trabalho em altura para combate a incêndio em cooperativa de Paulo Frontin

Ler próximo

Senado aprova criação do crime de ‘stalking’