Argentina vence Brasil no Maracanã, conquista a Copa América e quebra jejum de 28 anos sem título

Com a conquista, hermanos saem de uma fila que já durava 28 anos e apagam memória da derrota na final do Mundial de 2014, no Maracanã. Foto: AFP

Não foi bonito, mas foi pegado, disputado e dramático, ou seja, todos os ingredientes que o torcedor espera de um Brasil x Argentina. E embora os comandados de Tite tenham entrado no Maracanã como favoritos para vencerem a 10ª Copa América de sua história na noite deste sábado (10/7), foi o principal rival sul-americano que saiu da catedral do futebol com sua 15ª conquista do torneio sul-americano.

A vitória por 1 x 0, com gol de Dí Maria, que sacramentou o título, é significativa por diversos motivos, tanto individuais quanto coletivos. A conquista é a primeira da seleção principal argentina desde 1993, quando venceram a Copa América com um time que ainda contava com os imortais Goycochea, Simeone e Batista. O fato de ter acontecido no Maracanã significa que outro fantasma foi exorcizado, já que o estádio foi palco da última final disputada pela celeste, no Mundial 2014, quando saíram derrotados pela Alemanha.

Não menos importante, Lionel Messi termina a noite com seu primeiro título conquistado com a seleção principal, após uma carreira de “quases” e derrotas dramáticas e decepcionantes.

O resultado também representa a primeira vez que o Brasil perdeu para a Argentina jogando em casa (seis vitórias, um empate e, agora, uma derrota) e a primeira derrota em jogo oficial desde 2005, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Ler anterior

Em jogo agitado, Athletico fica no empate com o RB Bragantino na Arena da Baixada

Ler próxima

Falecimento de Orlando Sampaio Walter