Caminhoneiro da Lapa desaparece a caminho do trabalho e família já não sabe mais o que fazer

A família do caminhoneiro Sérgio Roberto Prestes, de 50 anos, da cidade da Lapa, está há 13 dias sem notícias dele. O último contato que os parentes tiveram com ele foi no último dia 30 de abril. Prestes telefonou para dizer que ia viajar com o caminhão da empresa em que trabalha, em São José dos Pinhais, também na RMC.

A empresa informou à família que ele não apareceu para a viagem e ninguém sabe o que pode ter acontecido com ele.

“Na sexta-feira, dia 30, ele ligou e falou que já ia viajar. A empresa ligou que no domingo porque ele tinha de ter saído de viagem e não apareceu”, disse a filha do caminhoneiro, Janaína Silva, em entrevista à Banda B, bastante preocupada.

Prestes já teve problemas com dependência química, segundo a filha, por isso o desaparecimento preocupa ainda mais.

“Como ele já teve problema com dependência química, isso tudo preocupa a família. Já são 13 dias que meu pai está desaparecido. Ele estava de carro e a gente já fez boletim de ocorrência, ronda, procuramos, mas até agora nada. Nem ele, nem o veículo”, lamentou.

De acordo com informações de Janaína , o caminhoneiro vestia uma calça cinza, camiseta polo vermelha, botina preta, trajava o uniforme da empresa Budel, em que trabalha. O veículo em que estava é um modelo Gol branco ano 1996 , placa JEO 1G98.

Qualquer informação do paradeiro de Sérgio Roberto Prestes pode ser repassada para a Delegacia de São José dos Pinhais – (41) 3299-1500

Com informações Banda B


Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Ler anterior

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro promove bazar de roupas e utensílios

Ler próxima

Em Paula Freitas, cilindro de oxigênio entra em combustão e técnica de enfermagem fica ferida