1ª mulher a usar calça comprida em Curitiba, morre aos 106 anos

Dona Elvira Kenski faz história em Curitiba. Foto: Denis Ferreira Neto

Considerada uma das mulheres revolucionárias de CuritibaElvira Kenski morreu aos 106 anos, nesta terça-feira. Ela foi personagem dos Caçadores de Notícias da Tribuna e ficou conhecida por ser a primeira mulher a usar calça comprida em Curitiba.

A causa da morte não foi divulgada. O corpo foi velado na Capela Municipal São Francisco, em Curitiba, e o sepultamento aconteceu no Cemitério Municipal no final da tarde.

Defensora da causa feminina, Elvira também foi precursora na batalha pelos direitos das mulheres no Paraná e uma das primeiras mulheres a cursar uma faculdade na Universidade Federal do Paraná (UFPR), ainda na década de 1930.

Com informações Tribuna

Redação Portal RDX

Ler anterior

Caminhoneiro vítima de roubo a carga de soja é localizado na Lapa

Ler próxima

Ator Tarcísio Meira falece aos 85 anos vítima da covid-19