Governo Federal e Caixa divulgam calendário das parcelas extras do Auxílio Emergencial 2021

A CAIXA, o banco de todos os brasileiros, vai creditar os pagamentos das parcelas extras do Auxílio Emergencial 2021 para o público que se cadastrou no site/APP do programa em 2020 ou que fazem parte do Cadastro Único a partir do dia 20 de agosto. Ao todo, serão três novas parcelas. O anúncio aconteceu nesta quinta-feira (12/08), em Brasília.

Com a experiência do Auxílio Emergencial, criado pela Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020, e da extensão do Auxílio Emergencial (Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020), o calendário foi organizado para que o atendimento ocorra de forma ordenada e sem aglomeração.

Os pagamentos serão escalonados, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, em ciclos de crédito em conta e saque em dinheiro. Para os beneficiários do Bolsa Família que receberão o auxílio, nada muda. Eles continuam a receber conforme o calendário habitual.

Não haverá novo cadastro. Os beneficiários que já receberam as parcelas anteriores e que cumpram os requisitos estabelecidos pela MP 1.039/21, vão receber as parcelas extras.

Reforço no atendimento

Para reforçar a rede de atendimento aos brasileiros, a CAIXA anunciou a contratação de 10 mil empregados e colaboradores para atuar nas mais de 4,2 mil agências em todo o país. O banco ainda intensificou os protocolos de combate à COVID-19, reforçando a higienização e as medidas para manutenção do distanciamento em suas unidades.

Calendário

As parcelas extras do Auxílio Emergencial 2021 começarão a ser pagas no dia 20 de agosto para os brasileiros nascidos em janeiro e os demais beneficiários receberão conforme abaixo:

O primeiro pagamento das parcelas extras para os beneficiários do Bolsa Família será no dia 18 de agosto:

O calendário completo está disponível em auxilio.caixa.gov.br.

CAIXA Tem

A conta Poupança Digital CAIXA é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de até R$ 5 mil. A movimentação do valor dos benefícios pode ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem. Cerca de 75% das movimentações da conta Poupança Digital CAIXA já são feitas de maneira 100% digital, por meio do CAIXA Tem.

Pelo aplicativo, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, desde o primeiro dia do depósito, sem a necessidade de aguardar o calendário de saque.

O trabalhador também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas pela opção “Pagar na Lotérica”, também de forma imediata.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os beneficiários poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

Auxílio Emergencial

A CAIXA iniciou o pagamento da primeira etapa do Auxílio Emergencial em abril de 2020. Em 15 meses, o banco disponibilizou R$ 329,5 bilhões para 68 milhões de beneficiários. Ao todo, foram processados 109,2 milhões de cadastros. O site criado para o programa recebeu 3,3 bilhões de visitas; foram mais de 159,2 milhões de downloads do App Auxílio Emergencial; mais de 868,4 milhões de ligações para central telefônica 111 e mais de 378,8 milhões de downloads do aplicativo CAIXA Tem.

Atendimento ao cidadão

A central telefônica 111 da CAIXA funciona gratuitamente e está pronta para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza, ainda, o site auxilio.caixa.gov.br.

Outras informações sobre o Auxílio Emergencial 2021 estão nas redes sociais do banco:

Redação Portal RDX

Ler anterior

Vagas de emprego 13 de Agosto (Sexta-feira)

Ler próxima

Lanchonete Superdog do Gaúcho é invadida e tem produtos furtados