Articulação do deputado Hussein Bakri mantém ICMS do cigarro inalterado e beneficia 28 mil produtores de fumo do Paraná

Anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (14). Foto: Assessoria.

Líder do Governo na Assembleia Legislativa, o deputado Hussein Bakri acaba de obter uma vitória para os 28 mil produtores de fumo do Paraná, que movimentam quase R$ 1 bilhão e respondem por mais de 30% da produção do país.

Numa articulação junto ao governador Ratinho Junior e aos secretários Guto Silva (Casa Civil) e Renê Garcia (Fazenda), o parlamentar garantiu que o ICMS do cigarro não sofra qualquer aumento no Estado.

O reajuste de 2 pontos porcentuais iria custear o vale-alimentação de R$ 600 mensais a ser pago aos policiais paranaenses.

Uma emenda de Bakri e dos deputados da base aliada retirou esse trecho do projeto, fazendo com que o benefício seja custeado com o corte de despesas em áreas do Governo.

A medida fortalece a agricultura familiar e a manutenção de empregos e renda em 131 municípios que produzem tabaco, sobretudo nas regiões Sul e Centro-Sul do Paraná.

Além disso, evita a perda de mercado para Santa Catarina e o aumento do contrabando para fugir da carga tributária.

Participaram da reunião Fabiano Machado e Cleber Silveira, da Abifumo; Guatimozin Santos, do Sinditabaco; Fabio Aguayo, do setor de bares e casas noturnas; e os prefeitos Abimael do Valle (São João do Triunfo) e Leandro Jasinski (Rio Azul), cujos municípios são os dois maiores produtores de fumo do Paraná.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Mais de 150 bateristas de todas as idades tocam juntos em evento no interior do Paraná

Ler próxima

Falecimento de Miguel Iastiak