Uma das pesquisadoras da Coronavac é natural de Canoinhas

Nascida no distrito canoinhense de Felipe Schmidt, a farmacêutica e bioquímica Ana Marisa Chudzinski Tavassi trabalha hoje no Instituto Butantan, que ganhou holofotes da imprensa nacional diuturnamente por ser o único a produzir vacina contra a covid-19 no Brasil até o momento. A coronavac deve obter liberação da Anvisa até domingo (17).

Ana Marisa está trabalhando atualmente em um soro anticovid que poderá ser usado para bloquear a infecção. Em entrevista ao Jornal do Almoço, da NSC TV, Ana relatou que a pesquisa está sendo promissora e que os resultados são satisfatórios.

Todo o processo de isolamento e inativação do vírus, e todas as etapas de fabricação do soro já foram finalizadas. A técnica é semelhante a utilizada na produção de soro antirrábico. Resta realizar um teste final à pedido da Anvisa, que seria introduzir a doença em um animal e aplicar o soro para saber se é possível tratar a doença. Este teste deve ser realizado ainda em janeiro, e com a aprovação da Anvisa, o próximo passo é o ensaio clínico em humanos.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Leia o anterior

São-mateuense assume comando da Base Aérea de Natal – RN

Ler próximo

Comunicado aos alunos de Antônio Olinto que precisam de transporte escolar para São Mateus do Sul