Policial militar é vítima de ataque racista durante ocorrência em São Mateus do Sul

Uma policial militar da Rotam foi vítima de ataque racista, durante uma ocorrência na noite desta sexta-feira (16), em um pub, na Rua Desembargador Joaquim Ferreira Guimarães, na Vila Prohmann.

A equipe foi acionada pelo proprietário, onde uma mulher estaria alterada, ameaçando os frequentadores e exigindo uma carteira de cigarro gratuita.

Quando o responsável pelo local se negou a entregar o produto, ela passou a desacatar os frequentadores. Com o intuito de que ela fosse embora, o mesmo ofereceu a carteira de cigarro, porém a mulher continuou com os insultos.

Com isso, a Polícia Militar foi acionada. Ao entrar no estabelecimento, ela se mostrou alterada, não acatando as ordens e proferindo palavras de baixo calão contra a equipe.

Em seguida, ela passou a atacar de forma racista a policial feminina, causando danos a honra moral objetiva e subjetiva.

Nesse momento, foi necessário o uso de técnicas de imobilização para conter, uma vez que estava alterada, resistindo a prisão com força física, chutes, socos e pontapés.

Foi utilizado algemas para resguardar a integridade física da equipe e da mesma, porém ao ser acomodada no camburão da viatura, ela passou a depredar o compartimento com os pés, causando danos na estrutura.

Ela foi encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal, como de praxe, porém continuou os insultos com xingamentos e agressão física contra os policiais, causando lesões.

A autora foi encaminhada à 3ª SDP para a representação dos policiais e demais procedimentos inerentes à polícia judiciária.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Após abordagem, PM apreende quantidade de crack na Vila Prohmann

Ler próxima

Rapaz é socorrido pelos bombeiros após ser agredido pelos irmãos da namorada na Vila Amaral