Paraná cria 24,3 mil empregos formais e registra aumento de 33% em janeiro de 2021, diz Caged

Estado teve o quinto melhor resultado do país, na comparação com o mesmo mês do ano anterior; indústria, serviços e construção civil lideraram a abertura de vagas.

Em janeiro de 2021, o Paraná criou 24.342 vagas de emprego com carteira assinada, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na terça-feira (16).

Foram 120.422 contratações e 96.080 profissionais demitidos.

O resultado do mês revela um aumento de 33,7% na geração de empregos formais no estado, na comparação com janeiro de 2020, período em que foram geradas 18.201 vagas.

De acordo com o balanço, o Paraná teve o quinto melhor resultado do país, ficando atras de São Paulo (75.203 novas vagas), Santa Catarina (32.077), Rio Grande do Sul (27.168) e Minas Gerais (25.617).

Em todo o país, o saldo também foi positivo em janeiro, com a criação de 260.353 empregos, conforme o Caged.

Setores

A alta na criação de vagas de emprego com carteira assinada no estado foi impulsionada em janeiro pela indústria da transformação, de serviços e construção. Veja a lista, por setores:

  • Indústria: 8.934
  • Serviços: 8.479
  • Construção Civil: 4.758
  • Comércio: 1.790
  • Agropecuário: 381

Ranking entre municípios

Os dados apontam que a capital foi a cidade que liderou a criação de empregos formais no estado no primeiro mês do ano. Em seguida, ficaram Londrina, Cascavel, Maringá e Ponta Grossa.

Confira as cidades com melhor desempenho no mês:

  1. Curitiba: 5.624 novas vagas;
  2. Londrina: 1.333;
  3. Cascavel: 1.289;
  4. Maringá: 1.139;
  5. Ponta Grossa: 742;
  6. Araucária: 562
  7. Pinhais: 532;
  8. Pato Branco: 525;
  9. Apucarana: 519;
  10. Toledo: 510.

Por outro lado, o balanço do Caged aponta que os municípios que registraram os piores resultados em janeiro, foram Cornélio Procópio, Ortigueira e Cafelândia.

Confira as cidades com piores desempenho no mês:

  1. Cornélio Procópio: -105
  2. Ortigueira: -96
  3. Cafelândia: -95
  4. Pontal do Paraná: -69
  5. Guaratuba: -67
  6. Florestópolis: -58
  7. Palmeira: -50
  8. Matinhos: -45
  9. Bandeirantes: -41
  10. Antonina: -39.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Leia o anterior

Hospital Regional da Lapa instala reservatório de oxigênio

Ler próximo

Estados do Sul formam consórcio para fortalecer luta contra a Covid-19