Mallet aprova lei e co-oficializa língua ucraniana

O município é o segundo do Paraná a co-oficializar a língua ucraniana no Brasil, seguindo Prudentópolis que o fez em outubro do ano passado. Foto: Portal Nossa Gente.

Mallet é um município do Paraná com 14 mil habitantes, dos quais 60% são descendentes de ucranianos.

A cidade é a segunda do Paraná a co-oficializar a língua ucraniana no Brasil, seguindo Prudentópolis que co-oficializou em outubro do ano passado, baseada na Lei Municipal de 2479/2021 de Autoria do Vereador Maurício Bosak aprovado na Câmara Municipal.

Já em Malllet, a proposta de lei do vereador Serjo Gryczak , presidente da Câmara Municipal de Mallet, juntamente com a Vereadora Professora Kelly e o Vereador Shumacker foi aprovada em sessão do dia 13 de junho de 2022.

Este ato é muito significativo porque um dos primeiros grupos de ucranianos que iniciou a colonização ucraniana no Brasil se instalou em 1891 no Município de Mallet. Neste Município encontra-se a Igreja São Miguel Arcanjo, em madeira, construída pelos imigrantes ucranianos entre 1897 e 1903.

Ucraniano como língua co-oficial

Prudentópolis foi a primeira cidade do Brasil a reconhecer o ucraniano como língua co-oficial, com o objetivo reconhecer a importância do povo ucraniano na formação de município, e na cultura, para valorizar ainda mais as raízes presentes até nos dias de hoje.

Com informações Portal Nossa Gente

Redação Portal RDX

Ler anterior

Contribuintes com IPVA atrasado podem parcelar o imposto devido; veja as opções

leia a próxima

PRF salva homem engasgado em congestionamento em PG