Família de Colombo viraliza na internet com vídeo de coleção com quase 2 mil carrinhos

Em poucos dias, a postagem no Instagram ultrapassou 15 milhões de visualizações. Foto: Reprodução/Banda B.

Uma família de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, está chamando a atenção nas redes sociais com um vídeo bem-humorado que mostra a coleção de carrinhos do casal Murilo Pires de Farias e Aline Braine. Em poucos dias, a postagem no Instagram ultrapassou 15 milhões de visualizações. Confira o vídeo clicando aqui.

Murilo contou à Banda B, nesta sexta-feira (22), que a coleção de carrinhos começou há cerca de três anos. Um ano e meio depois, eles decidiram criar a página para compartilhar os vídeos para outros colecionadores no Instagram.

Na gravação, que tomou conta das redes sociais (assista abaixo), o filho do casal aparece mexendo em um carrinho na prateleira com a legenda: “Só um, o pai não vai nem notar”. Até que, ao colocar a mão em um dos itens da coleção, é flagrado por Murilo.

Depois que o vídeo viralizou, a página saltou de 10 mil seguidores para quase 60 mil. Murilo diz que não imaginava ter tanta repercussão.

“Eu não imaginava. A gente postou esse vídeo e depois dele postamos outros. Então, esse reels estava com uma média de 20 mil visualizações, que é a média da nossa página. Fomos dormir e acordamos com 50 mil. Depois fomos trabalhar, quando voltamos estava com 150 mil e começou a subir. Foi subindo e de repente no outro dia tinha 1 milhão. Em uma semana passou de 20 mil para 5 milhões e agora está com 15 milhões de visualizações. A página que tinha 20 mil seguidores está chegando em 60 mil”, relatou à Banda B.

A coleção tem quase dois mil carrinhos, mesmo assim Murilo afirma que é só um hobby. O casal tem outra fonte de renda: ele trabalha no RH da Prefeitura de Curitiba e a Aline é professora particular de arte e música.

“Parece muito, mas somos ‘peixe pequeno’ perto de muita gente aí. A gente coleciona por hobby. Esse é o nosso hobby, não o nosso principal trabalho. Mexemos bastante com isso, vendemos miniaturas, mas o trabalho de segunda a sexta é o que determina nossa renda”, ressaltou.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Comitiva de São Mateus do Sul e Antônio Olinto realiza visita técnica em polo tecnológico em Pato Branco

leia a próxima

Órgãos de bebê que morreu espancado em Caçador foram doados