Buscas por bombeiro que se afogou em Guaratuba chega ao quinto dia

O Corpo de Bombeiros entrou no quinto dia de buscas pelo bombeiro militar, soldado Emerson Reichardt, de 34 anos, que desapareceu no Balneário Coroados, em Guaratuba, no litoral do Paraná, após entrar no mar para tentar salvar o irmão, no último sábado (18).

O soldado estava em passeio com a família, no final de semana, quando o irmão, de 25 anos, se afogou. O mais novo foi salvo por um morador da região, que utilizou uma prancha no resgate, mas Emerson, que também tentava salvá-lo, não foi resgatado porque já estava submerso.

O 2° Tenente do 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Guilherme Malaquias da Silva, explica que as buscas são feitas com embarcações em alto-mar e levam em consideração a direção da maré.

A operação para encontrar o soldado conta ainda com apoio de uma corporação de Joinville, em Santa Catarina. O bombeiro militar trabalhava em Rio Negro.

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, por dia, são registrados três afogamentos no Paraná, tanto no mar, quanto em rios, cavas e lagoas.

Até o dia 12 de setembro, 622 ocorrências de afogamentos haviam sido atendidas pelos bombeiros em todo o estado.

Com informações CBN

Redação Portal RDX

Ler anterior

Menino que estava desaparecido no Porto Ribeiro foi encontrado e passa bem

Ler próxima

Primavera: saiba quais são as doenças e alergias mais comuns e como evitá-las