Prêmios de loterias não resgatados somam R$ 312 milhões em 2020

Pode parecer improvável que alguém ganhe na loteria e não retire o prêmio. Porém, casos assim são tão comuns que, só em 2020, R$ 311,9 milhões em prêmios deixaram de ser resgatados, segundo dados da Caixa Econômica Federal. O valor, porém, é 6% menor que o acumulado em 2019.

O valor esquecido de prêmios da Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal foi o menor dos últimos 5 anos em termos nominais (sem considerar a inflação), conforme mostra o gráfico abaixo. Mesmo assim, os prêmios não resgatados nesse período somam R$ 1,62 bilhão.

Para onde vai o dinheiro?

Quando os ganhadores não retirem o prêmio em até 90 dias, os valores são repassados integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo a Caixa, as regras valem para todas as modalidades da loteria.

“Em 2020 foram repassados ao FIES R$ 311,9 milhões, considerando todas as modalidades e faixas de premiação cujo prêmio não foi reclamado no prazo legal. Na maioria das vezes, esse montante decorre da soma de prêmios de pequeno valor”, informou a Caixa em nota ao G1.

O Fies é o programa federal de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas. Neste ano, as inscrições poderão ser feitas entre os dias 26 e 29 de janeiro.

A Caixa acrescentou que informa “constantemente” sobre os prazos e formas de recebimento dos prêmios. “Para divulgação das informações de recebimento de prêmios são utilizados cartazes nas lotéricas, mensagens nos volantes de aposta, no bilhete original de aposta e no site da Caixa na Internet”, afirmou.

Da Redação Portal RDX com informações G1

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Leia o anterior

Alerta aos motoristas: BR-476, Rodovia do Xisto, está em péssimas condições

Ler próximo

Trecho da BR 280 é liberado após interdição causada por deslizamento