IR Solidário: Paranaenses podem doar para projetos e instituições afetados pela pandemia

Até 30 de abril os contribuintes podem destinar até 3% do Imposto de Renda. Site ensina passo a passo para fazer a destinação.

O período de declaração do Imposto de Renda já começou e, por mais que essa ação seja considerada burocrática, pode beneficiar milhares de projetos e instituições no Paraná. Isto porque, até o dia 30 de abril, os contribuintes podem destinar até 3% do IR para projetos de alto impacto social em diversas regiões do estado. 
 
A opção está disponível para as pessoas que optam pelo modelo completo na hora da declaração. Se a pessoa tiver imposto a restituir, o valor doado é acrescentado ao montante (calculado no sistema da Receita) e ela recebe no período de restituição. Caso o contribuinte tenha imposto a pagar, o valor doado é descontado do débito. “A doação pode auxiliar as instituições sociais  que, sobretudo no momento da pandemia, passam por uma baixa em sua captação de recursos. É importante lembrar que o dinheiro já seria pago ao governo de qualquer maneira, fazendo a escolha na hora da declaração, é possível acompanhar o projeto destinado”, explica Rodolfo Schneider, gerente de captação de recursos do Marista Escolas Sociais.
 
Site ensina passo a passo de como doar
 
Segundo dados da Receita Federal, o potencial de doação dos brasileiros via Imposto de Renda é superior a 4 bilhões. Um valor que impactaria diretamente milhares instituições pelo país cadastrados nos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA). Mais de 97% dos contribuintes que poderiam fazer  a destinação não fazem, seja por falta de conhecimento sobre o tema ou prática no sistema. Pensando nisso, o site impostosolidario.org.br foi criado, para que o contribuinte possa conferir o passo a passo de todo o processo e realizar a sua doação. 
 
Solidariedade Paranaense 
 
No Paraná, os contribuintes podem doar para projetos que contribuem para levar educação gratuita às áreas mais vulneráveis. Uma dessas iniciativas é o “Educação – O futuro é para todos”, que beneficia mais de 2300 crianças, adolescentes e jovens de 0 a 17 anos. A iniciativa oferece educação gratuita em seis escolas sociais localizadas em áreas de vulnerabilidade social nas cidades de Curitiba, Almirante Tamandaré, Fazenda Rio Grande, Ponta Grossa, Cascavel e Londrina. 


As doações podem promover a criação de laboratórios, expansão de bibliotecas, aquisição de novos materiais pedagógicos para as salas de aula, equipamentos eletrônicos e capacitação de educadores. Mais de 40% das famílias atendidas nos locais estão abaixo da linha da pobreza e vivem do trabalho informal, sendo fortemente atingidas pela pandemia do coronavírus.

Marista Escolas Sociais: Marista Escolas Sociais atende gratuitamente 7700 crianças, adolescentes e jovens por meio de 20 Escolas Sociais, localizadas em cidades de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Os alunos atendidos nas Escolas Sociais têm acesso a uma educação de qualidade e gratuita que vai desde a educação infantil até o ensino médio, além de projetos educacionais e pedagógicos que acontecem no contraturno. https://maristaescolassociais.org.br/.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Leia o anterior

Solidariedade: Pão Quente prepara cesta para doação de pães aos moradores em vulnerabilidade

Ler próximo

Canoinhas registra maior número de casos ativos de covid desde o início da pandemia