Quatro escolas de Papanduva e 1 de Três Barras fecham depois de casos suspeitos

Escola General Osório não tem data para retomar aulas presenciais porque maioria dos docentes é de grupo de risco. Foto: Edinei Wassoaski/JMais

A Escola de Educação Básica General Osório paralisou as aulas nesta terça-feira, 23, depois da confirmação de um caso de covid-19 entre os administradores da escola. Como a pessoa teve contato com várias pessoas, entre docentes e discentes, as aulas presenciais foram suspensas. Porém, não é o único motivo. Segundo a coordenadora regional de Educação, Suelen Wogeinaki, a maioria dos professores e dos profissionais do setor administrativo apresentaram atestado que prova que eles fazem parte de grupos e de risco e, por isso, não podem trabalhar presencialmente.

Na sexta-feira, 26, serão retomadas as aulas da rede municipal de Três Barras. Como a escola Guita Federmann está em reformas, as aulas serão ministradas nas instalações do General Osório. Para garantir que o vírus não está circulando no prédio, foi feita a sanitização do ambiente na manhã desta quarta, 24.

Segundo Suelen, as aulas presencias do General Osório não têm data para serem para serem retomadas porque não dependem da sanitização do prédio, mas de os profissionais estarem seguros para retomar as aulas presenciais.

Até que a situação se resolva, as aulas serão ministradas à distância, conforme prevê o Plano de Contingência Escolar do Estado. Suelen destaca que é a única escola da regional de Canoinhas que paralisou as aulas.

QUATRO ESCOLAS FECHADAS EM PAPANDUVA

Quatro escolas fecharam as portas nesta quarta-feira, 24, em Papanduva, depois que casos suspeitos de covid-19 foram identificados: Floresta, Floresta São João, Rio Pratinha e CEI Elidia Mikalovicz. Segundo o Município, as escolas estarão fechadas e com o transporte suspenso por 72 horas para desinfecção.

Se os casos suspeitos forem positivados após o resultado do exame as unidades permanecerão fechadas por 14 dias. Essas medidas seguem as orientações e diretrizes sanitárias estabelecidas nos Planos de Contingência (PlanCon-Edu).

“A Secretaria da Educação, Secretaria da Saúde e departamento de Epidemiologia estão tomando todas as medidas, fazendo o monitoramento conforme necessário e enfatizam que qualquer alteração será informada através das redes sociais e canais de comunicação oficiais do município”, diz o Município em comunicado.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Leia o anterior

Falecimento de Olivio Gadonski

Ler próximo

São João do Triunfo terá nova rede de abastecimento rural