Paraná volta a ter mais de mil pacientes na fila por internamento para covid-19

O Paraná voltou a ter, neste domingo (23), mais de mil pacientes esperando por um leito de enfermaria ou UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para a covid-19. Os dados contam no boletim da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa-PR). São 1078 paranaenses na fila de espera, sendo 498 precisando de uma UTI e 580 de enfermaria.

De acordo com o boletim da Sesa, a pior situação está nos leitos de Curitiba e região metropolitana, onde são 155 pacientes na espera por uma vaga de UTI. Os Hospitais São Vicente (Centro), Evangélico. Hospital Vitória e Hospital do Trabalhador, que juntos somam 249 leitos de UTI, estão com 100% de ocupação. Outros hospitais com grande número de leitos, como Hospital do Rocio, Reabilitação Cabral, Hospital de Clínicas e Angelina Caron, têm apenas treze vagas de UTI, de um total de 402 leitos.

Além do aumento da fila de espera por leitos, Curitiba vê crescer diariamente o número de casos confirmados e ativos. Segundo a Banda B, o último boletim divulgado pela prefeitura, no sábado, apontou 895 novos casos de covid-19, com 9436 casos ativados, número recorde no período de um mês.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Ler anterior

Fiscalização de União da Vitória orienta 150 estabelecimentos e mais de 60 multas são aplicadas

Ler próxima

Athletico encara Paraná pelas quartas de final do Estadual