Canoinhas vai receber primeira remessa de vacinas Janssen, de dose única

Canoinhas vai receber nesta sexta-feira, 25, a primeira remessa de vacinas da Janssen, de dose única. Virão, ainda, 660 doses da Pfizer e 480 da coronavac, totalizando mais 1.540 doses que deverão ser destinadas ao público na faixa etária dos 45 aos 49 anos. As vacinas da Janssen, diz a secretária de Saúde de Canoinhas, Kátia Oliskovicz, serão destinadas a acamados e, se sobrar, irão para o público por faixa etária.

No total, a regional de Mafra vai receber 10.726 novas doses. 

As doses fazem parte de um lote que chegou nesta quinta, 24, a Santa Catarina: 126.200 do laboratório Sinovac/Butantan, 86.580 da Pfizer e 52.350 da Janssen, totalizando 265.130 doses de vacinas contra a covid-19. As vacinas foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio, em São José, para organização da logística de distribuição.

“A cada chegada de remessas ficamos um pouco mais próximos da volta à normalidade. Mas para isso é importante que todos estejam atentos ao cronograma de vacinação, escolham ser vacinados e retornem para a segunda dose”, disse o governador Carlos Moisés, vacinado nesta quinta-feira, em Laguna.

As vacinas da Unidade Descentralizada de Vigilância Epidemiológica (UDVE) da Grande Florianópolis foram entregues no fim de tarde desta quinta. Para as demais centrais regionais, a distribuição será na sexta-feira, 25. Pela manhã, via terrestre, saem as doses das unidades de Tubarão, Criciúma e Araranguá, Jaraguá do Sul e Joinville, Blumenau, Itajaí e Rio do Sul. O avião do Corpo de Bombeiros Militar também encaminha, pela manhã, as doses das centrais de São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê e Concórdia. No período da tarde, o avião do Corpo de Bombeiros Militar leva as doses das centrais de Mafra, Videira, Joaçaba e Lages.

Nesta remessa, serão encaminhadas aos municípios catarinenses 202.030 doses. As 86.580 doses da Pfizer e as 52.350 doses da Janssen serão distribuídas integralmente para aplicação da D1 e dose única, respectivamente. No caso da Coronavac, serão distribuídas, neste momento, metade das doses recebidas, ou seja, 63.100 unidades, para a reserva da segunda dose (D2).

Todos os 295 municípios catarinenses vão receber vacinas de todos os fabricantes.

PÚBLICO

Com mais remessa, o Estado dará continuidade à vacinação dos grupos prioritários e da população com idade entre 50 e 54 anos e dará início à vacinação da população com idade entre 45 e 49 anos. “É importante reforçar que os municípios só devem avançar para a próxima faixa etária, antes das datas estabelecidas pelo Estado, caso a cobertura vacinal do grupo que estiver sendo vacinado for superior a 75%. Essa medida é importante para que uma parte considerável da população seja vacinada antes de avançar para a próxima”, assinala o diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Convênio entre Estado e Caixa facilita acesso à casa própria para 30 mil famílias

Ler próxima

Menino de 5 anos morre por complicações da covid-19 no Paraná