Médico e ex-vereador de Canoinhas morre vítima de covid-19

Morreu na noite desta quarta-feira (25), o médico e ex-vereador de Canoinhas, Vagner Marcolin Trautwein, aos 52 anos. Ele estava internado há mais de uma semana em um hospital de Curitiba tratando de covid-19. A doença veio quando ele comemorava o fato de ter resistido a um câncer bastante agressivo no sistema linfático. Em 2 de julho ele postou um vídeo no qual compartilhava a última viagem a Curitiba para fazer quimioterapia.

Natural de Ourinhos (SP), Trautwein era formado em Medicina pela Faculdade Evangélica do Paraná (1993), fez Residência Médica em Cirurgia Geral, Residência Médica em Cirurgia do Aparelho Digestivo, e Mestrado em Princípios da Cirurgia pela Faculdade Evangélica do Paraná (2000), além de Doutorado em Princípios da Cirurgia pela Faculdade Evangélica do Paraná (2006). Tinha experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia do Aparelho Digestivo, atuando principalmente em cirurgia do Aparelho Digestivo, câncer do aparelho digestivo e anatomia humana. Era casado com Sandra Trautwein, com quem tinha um casal de filhos.

Em 2004 foi eleito vereador pelo PSDB, mas mesmo com grande potencial de ser reeleito recusou candidatura em 2008 desiludido com a política.

Em 2017 estreou na carreira de escritor com o lançamento de Amor e Morte, romance com toques policiais que contava a história de uma moça pobre lutando para viver um amor com um jovem estudante de medicina rico. Ele preparava o segundo livro, que deveria ser lançado nos próximos meses.

Em 2020 assumiu a coordenação do curso de Medicina da Universidade do Contestado (UnC) de Mafra, cargo do qual se afastou para tratar o câncer. 

Prefeito Beto Passos (PSD) lamentou a morte do médico em suas redes sociais. “Médico dedicado, amigo e um ser humano extraordinário. Nos últimos meses travou uma luta contra o câncer, e mesmo atravessando a doença, fazia seus vídeos contando como era o tratamento e deixava mais leve a doença, trazendo mais força e coragem para outros pacientes oncológicos. Que nosso Deus conceda força e conforto para a família, e o descanso para o amigo Vagner”.

As manifestações de carinho com relação ao médico não param. “Nunca sabemos o que nos espera, hj me deparei com esta notícia muito triste o falecimento deste médico, ou melhor além de médico um homem do bem, um ser humano extraordinário Dr Wagner! Em um certo momento da vida ,ele com sua experiência trouxe de volta a vida da minha mãe, somos muito grato por isso, queríamos que ele estivesse aqui ainda por mais anos, mas Deus talvez esteja precisando dele também , é com muita tristeza que escrevo estas simples palavras e digo vai em paz Dr o senhor foi um guerreiro lutou, o triste é pensar o que será de nós sem vc”, postou uma internauta.

“Hoje o dia amanheceu triste, Canoinhas perde um ser humano e profissional ímpar que agora segue sua viagem e continuará ajudando em outro plano”, postou outra internauta.

“Que ironia do destino não é mesmo?!Lembro-me bem, que logo no início da pandemia, o senhor se prontificou para nos dar um curso de intubação e manejo de pacientes graves na emergência para a UPA24h de Canoinhas. Falávamos tanto da covid e, no final, olha o que aconteceu. Meu professor, meu colega e meu amigo, obrigada por sua passagem neste mundo, e por ter deixado o melhor que um ser humano pode deixar: lições de humanização, respeito, comprometimento, compaixão com o próximo. Obrigada por me ensinar sobre a medicina, e como deve ser um médico de verdade! Obrigada pelo apoio, pelos conselhos e pela amizade”, postou Jaqueline Chagas, que chefia o Pronto Atendimento de Canoinhas.

O corpo de Trautwein será cremado nesta quinta-feira (26), em Curitiba após uma cerimônia restrita a familiares.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Volta a subir o número de moradores de São Mateus do Sul internados na UTI pela covid

Ler próxima

São João do Triunfo receberá investimento de R$ 15 milhões