Ganhador da Mega Sena da Virada tem até quarta para não perder R$ 162,6 milhões

Metade da maior bolada já sorteada pela loteria brasileira continua encalhada na Caixa Econômica Federal. A Mega da Virada de 2020 teve o maior prêmio da história, com R$ 325,250 milhões, mas um dos dois sortudos que acertaram as seis dezenas pode ser tornar um grande azarado, pois irá perder o direito a sacar os R$ 162,625 milhões a que tem direito até quarta-feira da semana que vem.

Um dos jogos vencedores foi feito em Aracaju (SE) e o apostador não perdeu tempo. Já sacou a sua parte e deve estar usufruindo a nova vida de milionário. Já a segunda aposta foi feita por meio eletrônico, e o vencedor ainda não apareceu para receber a fortuna conquistada nos seis números sorteados em dezembro: 22 – 35- 17- 41 – 20- 42.

Pelas regras da Caixa, os vencedores dos jogos de loterias têm até 90 dias para resgatarem seus prêmios. E o dinheirão do ganhador desavisado não volta para os sorteios, como ocorre com os valores que se acumulam a cada semana quando ninguém acerta as seis dezenas. Nesse caso, os recursos serão repassados ao Fundo de Financiamento do Ensino Superior (FIES).

Embora pareça inconcebível que alguém deixe passar batido uma recompensa tão elevada, a lista dos vencedores que jogam a sorte pelo ralo não é pequena. De acordo com dados da Caixa, apenas em 2020 outros R$ 311,9 milhões em prêmios foram esquecidos pelos ganhadores. Nos últimos cinco anos, a cifra não resgatada de sorteios da Mega Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal chega a R$ 1,62 bilhão.

Com informações Estadão Conteúdo

Redação Portal RDX

Ler anterior

Polícia Militar de São Mateus do Sul é acionada para duas situações de furto

Ler próxima

Sete presos seguem foragidos da cadeia de União da Vitória