Jovem morre em confronto e polícia investiga relação com ataque em Guarapuava; fuzil foi apreendido

Ao todo, cerca de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar a empresa de transporte de valores Proforte, em Guarapuava. Foto: PMPR.

Um jovem de 20 anos morreu em confronto com policiais militares de Guarapuava, no Centro-Sul do Paraná, no começo da tarde desta quarta-feira (27). Segundo a polícia, o baleado estava com um fuzil .556, que foi apreendido.

De acordo com informações da PM, uma equipe Choque do 16° Batalhão procurava por um homem que estaria ligado com os ataques à Proforte. Assim que a viatura chegou ao endereço, o suspeito realizou o disparo.

Com a reação, o suspeito acabou atingido. O Siate chegou a ser chamado, mas ele não resistiu.

Foto: PMPR

Ataque em Guarapuava

Ao todo, cerca de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar a empresa de transporte de valores Proforte, em Guarapuava. De acordo com a Secretaria de Segurança, os bandidos fugiram sem concluir o assalto, após intensa troca de tiros na região rural do município. Mesmo com o bloqueio das entradas e saídas do 16° Batalhão de Polícia Militar, os policiais estavam em ronda e conseguiram evitar a ação criminosa.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Vazamento foi a causa da falta de água em bairros de São Mateus do Sul, diz Sanepar

leia a próxima

Falecimento de Ludovico Popoaski