Jornalista são-mateuense é premiada pela UFPR

Na imagem, Larissa Drabeski. (Acervo Pessoal)

“Receber um reconhecimento pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) é uma satisfação muito grande”, afirma a são-mateuense Larissa Drabeski, jornalista, mestre e doutoranda em Comunicação, que foi vencedora do Prêmio Curta Ciência com a dissertação “Identidade polono-brasileira em São Mateus do Sul-PR: processos comunicativos e identidade étnica tecidos em família”.

Segundo informações do Programa de Pós-graduação da UFPR, o objetivo do prêmio é reconhecer as pesquisas de excelência de cada programa, incluindo contribuição e impacto do trabalho para a área de conhecimento e sociedade, aspectos de inovação e complexidade.

O trabalho de pesquisa envolve muita dedicação. No caso da dissertação, foram dois anos de trabalho intenso, então é muito bacana todo esse reconhecimento”,

diz Larissa.

A jornalista comenta que o Prêmio Curta Ciência tem uma característica própria, que incentiva o autor a levar o conhecimento produzido dentro da universidade para outros espaços.

Clique aqui e confira o vídeo produzido por Larissa.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Repórter RDX FM.

Leia o anterior

São João do Triunfo possui instituição de longa permanência para idosos

Ler próximo

Prefeito de Guaratuba lamenta desrespeito de uso de máscara na orla: “Maioria está sem”