Copel investe em subestações para melhorar rede de transmissão de energia em São Mateus do Sul

Também houve reforços e melhorias nas subestações em Cascavel, Realeza Sul, Pato Branco, Maringá, Ponta Grossa Sul, Ponta Grossa Norte, Umbará, Uberaba e na linha de transmissão Londrina – Ibiporã. Foto: PORTAL RDX.

A Copel colocou em operação no último domingo (26) um novo transformador com 150 megavolt-ampères (MVA) de potência na subestação Cascavel, no Oeste. A conclusão dessa obra, orçada em R$ 12,4 milhões, encerra um ciclo de investimentos na rede de transmissão de energia que absorveu R$ 188 milhões nos últimos quatro anos

Os reforços e melhorias foram realizados nas subestações Cascavel, Realeza Sul, Pato Branco, Maringá, Ponta Grossa Sul, Ponta Grossa Norte, São Mateus do Sul, Umbará, Uberaba e na linha de transmissão Londrina – Ibiporã. Todas as instalações operam em 230 mil volts (kV) e fazem parte do Sistema Interligado Nacional (SIN).

As obras foram autorizadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em duas resoluções, publicadas em 2018, e contemplaram a substituição de doze transformadores antigos, instalação de um novo transformador e de um novo banco de capacitores, além do aumento da capacidade da linha localizada na região norte do Estado.

“Essa atualização tecnológica e o aumento da capacidade das instalações aumentam a confiabilidade da transmissão de energia do Estado, beneficiando consumidores residenciais, comerciais e industriais”, afirma o diretor de geração e transmissão de energia da Copel, Moacir Carlos Bertol.

Com informações AEN

Redação Portal RDX

Ler anterior

Levantamento da RDX mostra preço dos combustíveis em postos de São Mateus do Sul

leia a próxima

Governador anuncia criação do 10º Subgrupamento de Bombeiros Independente, em Irati