Covid-19: com 100 mortes em apenas 24 dias, Planalto Norte de SC chega a 400 óbitos

Na iminência do que as autoridades de Saúde apontam como a terceira onda da pandemia de covid-19, o Planalto Norte chega a 400 mortos pela covid-19 desde o início da pandemia. Chama a atenção a agressividade da doença neste 2021.

Entre a 100ª  e a 200ª morte o intervalo foi de 70 dias. Já das 200 a 300 mortes foram 38 dias. Esse intervalo encurtou em relação a 300ª e a 400ª morte. Foram 24 dias de intervalo entre cem mortes, média de quatro mortes por dia. A taxa de letalidade avançou para 1,84%.

Canoinhas lidera o número de mortos com 101 óbitos computados desde o início da pandemia, seguida de Mafra com 77 mortos. Bela Vista do Toldo, que vive um surto da doença neste momento, registrou o menor número de óbitos até aqui: três.

Mafra tem 714 pessoas em tratamento contra a covid neste momento, o maior número da região. Porto União tem 521 e Canoinhas, 380 pessoas em tratamento. Esse alto número de contaminados acendeu um alerta nas autoridades da Saúde. Na semana passada o secretário estadual, André Mota Ribeiro, alertou para o que chamou de terceira onda da doença, o que elevaria ainda mais o número de pessoas necessitando de leitos hospitalares. Desde dezembro do ano passado, a rede de UTIs no Estado segue com mais de 80% de ocupação. Nesta segunda-feira, 31, está em 94,5%.

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Ler anterior

Pai tem a mão amputada e filho fica ferido após tentativa de homicídio em Pontilhão

Ler próxima

Falecimento de Romilda Aparecida de Oliveira Rosa