17.6 C
São Mateus do Sul
sexta-feira, maio 24, 2024
InícioCidadesDez cidades do Paraná não registraram casos dengue neste período epidemiológico; saiba...

Dez cidades do Paraná não registraram casos dengue neste período epidemiológico; saiba quais

Date:

Compartilhe essa notícia:

Dos 399 municípios do Paraná, apenas dez não registraram nenhum caso de dengue no atual período epidemiológico, que começou em julho de 2023.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), as dez cidades são:

  1. Adrianópolis;
  2. Agudos do Sul;
  3. Doutor Ulysses;
  4. Piên;
  5. Fernandes Pinheiro;
  6. Rio Azul;
  7. Paula Freitas;
  8. Coronel Domingos Soares;
  9. Honório Serpa;
  10. Santana do Itararé.

Boletim divulgado nesta terça-feira (2) pela secretaria divulgou mais 23.396 mil novos casos de dengue. O total de casos, desde julho do ano passado, passa de 159 mil, segundo a Sesa.

Nenhuma nova morte causada pela doença foi confirmada no boletim desta terça. Porém, desde o início do período epidemiológico, 77 pessoas morreram por causa da dengue no estado.

Nenhuma nova morte causada pela doença foi confirmada no boletim desta terça. Porém, desde o início do período epidemiológico, 77 pessoas morreram por causa da dengue no estado.

Em relação a chikungunya o estado tem 987 notificações, 97 casos confirmados da doença – sendo 62 autóctones.

Como evitar a dengue?

Evite qualquer reservatório de água parada sem proteção em casa. O mosquito pode usar como criadouros grandes espaços, como caixas d’água e piscinas abertas, até pequenos objetos, como tampas de garrafa e vasos de planta.

Coloque areia no prato das plantas ou troque a água uma vez por semana. Mas não basta esvaziar o recipiente. É preciso esfregá-lo, para retirar os ovos do mosquito depositados na superfície da parede interna, pouco acima do nível da água. O mesmo vale para qualquer recipiente com água.

Pneus velhos devem ser furados e guardados com cobertura ou recolhidos pela limpeza pública. Garrafas pet e outros recipientes vazios também devem ser entregues à limpeza pública. Vasos e baldes vazios devem ser colocados de boca para baixo.

Limpe diariamente as cubas de bebedouros de água mineral e de água comum. Seque as áreas que acumulem águas de chuva. Tampe as caixas d’água.

Reportagem: Paraná RPC – G1

Redes sociais

51,000FãsCurtir
18,800SeguidoresSeguir
1,160InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas