Antes de morrer, professora pede materiais escolares ao invés de flores em seu funeral

Tammy tinha paixão pela sua profissão, buscando ajudar crianças carentes a todo custo, inclusive no dia de seu velório!

Na Grã-Bretanha, um caso chamou muito a atenção das pessoas. Tammy Waddel, de 58 anos, morreu depois de muito lutar contra um câncer no estômago.

A tristeza era grande, mas quando os amigos e familiares leram o obituário, tiveram uma grande surpresa: em seu funeral, ao invés de flores, ela pedia que fossem colocadas mochilas cheias de material escolar para crianças carentes!

A educadora não deixou de ajudar as crianças nem em seu último pedido, fazendo o que sempre fez de melhor, mobilizando pessoas para mudar a vida de quem precisa.

Seu primo e colega educador Brad Johnson compartilhou no Twitter imagens emocionantes do velório de Tammy. Segundo Johnson, a professora sempre inspirou todos, inclusive ele, e era rápida em oferecer um abraço e em ajudar seus alunos.

Tammy trabalhou durante 30 anos em escolas do Condado de Forsyth e, em 2003, recebeu o prêmio de melhor professora do ano, na escola primária. Kevin Waddel, filho da educadora, revelou que aquele pedido não foi nenhuma surpresa para ele.

A história se tornou tão popular, que ultrapassou as barreiras do condado, tomando visibilidade em toda a Grã-Bretanha. Pessoas anônimas se ofereceram para também enviar mochilas e materiais escolares, sentindo tocadas com o último desejo de Tammy.

O filho ainda disse que ela sempre esteve preocupada em amar os outros, sem se preocupar em receber atenção. Com isso, a principal mensagem que ela deixa é que o mais importante é ajudar, e finalizou dizendo que as doações podiam ser feitas para qualquer local.

Via OSegredo

Redação Portal RDX

Ler anterior

CIEE oferece oportunidade de estágio na Prefeitura de São Mateus do Sul; confira as vagas

Ler próxima

WhatsApp, Instagram e Facebook ficam fora do ar nesta segunda-feira (4)