‘Tem que conferir na nota também’, reforça Procon sobre preço do combustível com duas casas decimais

A partir deste sábado (7), todos os postos terão que exibir os preços com apenas duas casas decimais. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Procon/PR emitiu um alerta para que os consumidores fiquem atentos sobre as novas regras da Agência Nacional de Petróleo (ANP) envolvendo a exibição do preço dos combustíveis nos postos. A partir deste sábado (7), todos os postos de gasolina do país terão que exibir os preços com apenas duas casas decimais, não mais com três, como ocorre hoje.

A mudança foi definida pela ANP em novembro para facilitar o entendimento do consumidor, segundo reforçou a diretora do Procon/PR, Cláudia Silvano.

“Deverão informar naqueles cartazes que ficam na entradas do estabelecidos, aquelas cartazes grandes, o preço do combustível com dois dígitos após a vírgula. Já nas bombas, o preço poderá permanecer com três dígitos após a vírgula desde que o terceiro dígito seja igual a zero”

explicou

A diretora do Procon disse que os consumidores devem ficar atentos e conferir com cuidado a nota fiscal no momento do pagamento do abastecimento. É necessário verificar se o terceiro dígito que vem na nota também é igual a zero.

“Agora o consumidor deve ficar atento e verificar no cupom fiscal, no momento em que está pagamento, é igual a zero. Por exemplo, vamos imaginar que o preço da gasolina seja R$ 6,99 centavos o litro, significa dizer que o consumidor pediu para abastecer dez litros ele vai pagar R$ 69,90. Mas se o terceiro dígito permanecer e não for igual a zero, for por exemplo R$ 6,999 na nota fiscal o valor final a ser pago vai ficar em R$ 69,99, ou seja, nove centavos a mais”

detalhou

Redação Portal RDX

Ler anterior

Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de Pablo Ribas Brasil, morto a facadas na Vila Bom Jesus

leia a próxima

PM atende caso de perturbação de sossego na Vila Buaski