18.6 C
São Mateus do Sul
terça-feira, fevereiro 27, 2024
InícioReportagens especiaisAos 92 anos, são-mateuense confecciona sapatinhos de tricô para doação aos bebês...

Aos 92 anos, são-mateuense confecciona sapatinhos de tricô para doação aos bebês recém-nascidos

Date:

Compartilhe essa notícia:

spot_imgspot_img
Na imagem, Dona Alda de 92 anos. (Foto: Cláudia Burdzinski/PORTAL RDX)

A chegada de um bebê é um dos momentos mais esperados na vida de muitas famílias, e esse momento fica ainda mais especial quando o carinho em presentes vem de forma artesanal. Alda Hetka Pavoski, de 92 anos, confecciona para doação sapatinhos de tricô e presenteia famílias que tiveram bebês. Com muita delicadeza, ela prepara cada um dos sapatinhos e com a ajuda da filha, as doações são deixadas no Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes e também algumas mães acabam pegando os sapatinhos diretamente com ela, de forma gratuita.

“O bebêzinho com o pézinho quente dorme bem… Sabe, o meu prazer é fazer sapatinhos e doar… Quem precisar vem buscar aqui, ou minha filha Janete leva no Hospital. Está precisando de sapatinho, ‘tô’ mandando”, disse durante entrevista para a RDX.

Dona Alda contou que aprendeu tricô quando tinha 8 anos, na escola. Segundo ela, algumas amigas tinham agulha e lã, outras aprendiam com com prego e barbante.

(Foto: Cláudia Burdzinski/PORTAL RDX)

Os primeiros pontos de tricô que eu fiz foi com dois pregos e barbante. Continuei aprendendo ‘pra cá e pra lá’, e cheguei a fazer vários modelos como blusa, casaco, manta, conjuntinho completo para neném e fiz muito para encomenda”, contou. Agora Alda tem como principal atividade do dia a confecção de sapatinhos, somente para doações.

Na juventude, Alda trabalhou como professora antes de se casar. Ela teve cinco filhos e o esposo faleceu ainda com filhos pequenos.

“Tive que sustentar cinco filhos. Eu dava aula, costurava para fora e tricotava… Quanto mais fazia, mais dinheirinho entrava”, relembra.

Dona Alda conta com orgulho que seu trabalho já viajou o país, com encomendas para Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

E para você que ficou interessado em receber um sapatinho da Dona Alda, entre em contato com a filha Janete Pavovski no Facebook. Ela explicará certinho como os sapatinhos podem ser entregues.

“Seja onde for, que esteja um nenénzinho, eu mando. Mesmo não conhecendo, sei que o bebêzinho nasceu e ele precisa de um sapatinho novo. Faço com muito amor e carinho, isso é a minha alegria”, afirma.

Neste sábado, 13 de janeiro, vai ao ar uma reportagem especial com a Dona Alda a partir das 9h na RDX FM. Confira!

Cláudia Burdzinski
Cláudia Burdzinski
Jornalista e Repórter RDX FM - Portal RDX

Redes sociais

47,000FãsCurtir
13,700SeguidoresSeguir
500InscritosInscrever

Últimas notícias

spot_img

Mais visitadas