Noiva com câncer realiza sonho e se casa dez dias antes de morrer

Foto: Katia Luz

Adarlele Andrade, moradora de Porto Vitória, ficou conhecida por compartilhar sorrisos e coragem por onde passou.

Pequena no tamanho, mas gigante de coração, Adarlele realizou um de seus maiores sonhos no dia 6 de fevereiro: o seu casamento.

De acordo com o padrinho dessa união, Felipe Vetterlein, ela e Ruan Pablo de Lara, eram almas gêmeas. “Com eles, comprovamos que almas gêmeas existem. O amor dela e do Ruan era surreal. A gente fez muita oração para ela conseguir realizar esse sonho”, conta. 


Segundo ele, o casamento foi lindo e inesquecível. Buquê, alianças, família, amigos e muito amor. A união era um desejo da noiva, que morreu dez dias depois, vítima de câncer em múltiplos órgãos. Sua passagem aconteceu ontem, 16, deixando familiares e amigos entristecidos.

Adarlele internou já após o casamento. Ela estava em Curitiba (PR).

“O primeiro aparecimento do câncer aconteceu no rim, aos seis anos de idade. Adarlele então já havia perdido um dos rins. Mas sempre lutou bravamente. Ela passou por vários tratamentos e internações desde que descobriu a doença”, explica Felipe.


Tempos depois, Adarlele foi diagnosticada com Sarcoma de Ewing, que costuma ocorrer em crianças e adultos jovens. Geralmente, começa nas pernas, nos ossos da pelve e nos braços. Os sintomas incluem dor óssea, inchaço localizado e sensibilidade. Em casos raros, também podem ocorrer fraturas ósseas. Como aconteceu com Adarlele, os tratamentos incluem cirurgia, quimioterapia e radioterapia. “Ela chegou a fazer transplante de medula e ficou curada por alguns meses”, disse Felipe.

Adarlele não resistiu e veio a óbito ontem, 16. O velório acontece às 17 horas, na Capela Mortuária de Porto Vitória. 

Vvale

Redação Portal RDX

Redação Portal RDX

Ler anterior

Paraná espera receber lote com 200 mil doses na próxima semana

Ler próxima

Horóscopo do dia 18 de Fevereiro (Quinta-feira)