Bombeiros de São Mateus do Sul prestam apoio no combate de incêndios ambientais em União da Vitória

Militares do Corpo de Bombeiros de São Mateus do Sul estão desde o fim de semana prestando apoio e combatendo incêndios ambientais na região de União da Vitória. No sábado (25), foram atendidas quatro ocorrências em lugares distintos. No domingo (26), a equipe foi acionada também para quatro ocorrências e nesta segunda-feira (27), já foram três acionamentos. Além de São Mateus do Sul, bombeiros de Porto União, Irati, Ponta Grossa e Palmeira também estão prestando apoio no combate.

Mesmo com o calor, que propicia a propagação aos incêndios, o comando do Corpo de Bombeiros de União da Vitória orienta a população para denunciarem situações que possam envolver incêndios criminosos.

Confira a nota oficial:

O Corpo de Bombeiros de União da Vitória informa que está atuando ininterruptamente para atender a todos os chamados de socorro aos casos de incêndios ambientais relatados desde a tarde deste sábado (25).Informamos que a demanda de ocorrências está elevada, sobrecarregando os serviços de socorro disponíveis no município sendo necessário o apoio de outras unidades da região para combater as chamas. Os Corpos de Bombeiros de Irati, São Mateus do Sul, Prudentópolis, Ponta Grossa e de Porto União/SC estão mandando efetivo e equipamentos para dar apoio aos chamados.

O crime de incêndio ambiental está previsto no artigo 41º da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98), de modo que a pena prevista será aplicada a quem causar incêndio em mata ou floresta, seja de forma dolosa ou culposa. Art. 41. Provocar incêndio em mata ou floresta: Pena: reclusão, de dois a quatro anos e multa.

Quando o bem tutelado não for o bem ambiental, e sim a incolumidade pública (a exposição da vida, integridade física ou patrimônio) será realizada a aplicação do artigo 250° do código penal.
Art. 250. Causar incêndios, expondo a perigo a vida a integridade física ou o patrimônio de outrem. Pena: reclusão, de três a seis anos e multa.

Solicitamos apoio da população que se observarem qualquer situação suspeita, de pessoas ateando fogo em propriedades e matas nativas, ou mesmo fazendo o uso inadequado do fogo para a limpeza de terrenos que denunciem através do 181 Disque denúncia ou 193 Corpo de Bombeiros.

1º Tenente QOBM Marcelo Aleixo Cordeiro. 

Cláudia Burdzinski

Jornalista e Repórter RDX FM. Instagram: @claudiaburdzinski

Ler anterior

Mulher é detida após se passar por advogada e levar celulares e drogas para preso em São Mateus do Sul

Ler próxima

Horóscopo do dia 28 de Dezembro (Terça-feira)