24.7 C
São Mateus do Sul
sábado, abril 20, 2024
InícioPolicialSuspeito de envolvimento em assassinato de policial morre em confronto, no Paraná

Suspeito de envolvimento em assassinato de policial morre em confronto, no Paraná

Date:

Compartilhe essa notícia:

spot_imgspot_img
Reprodução

Um homem morreu em um confronto com a equipe de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, na manhã desta terça-feira (2). De acordo com informações da Polícia Militar, o homem era um dos suspeitos de envolvimento no assassinato do policial Gabriel Fadel.

Segundo a PM, a equipe da Rone estava em operação para capturar os suspeitos e, ao dar voz de abordagem, o homem efetuou disparos de arma de fogo contra os policiais. Os agentes revidaram, conforme a PM, e o homem foi baleado. Ele morreu no local. Ainda no local, o irmão do homem baleado foi preso. Ele foi encaminhado para a delegacia.

Conforme a Polícia Militar, a Rone obteve ainda informações de que outras quatro pessoas estariam envolvidas no crime contra o policial Fadel. As investigações continuam em andamento.

Policial era filho de coronel

O soldado Gabriel Fadel, da PM, era filho do coronel Milton Fadel, também da corporação. O jovem, de 26 anos, foi encontrado morto dentro do porta-malas do carro da família neste domingo (31), em Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba. No local, um tiroteio foi registrado, segundo a PM, e o soldado foi atingido.

Uma pessoa foi encontrada ferida na região, foi socorrida e está sob escolta policial no hospital. Outro suspeito foi preso em diligências ainda no domingo (31). Assim, até o momento quatro suspeitos foram identificados: um segue internado, dois estão presos e um morreu em confronto.

Segundo o delegado da Polícia Civil Ivan da Silva, que investiga o caso, o soldado Gabriel tinha uma boa conduta e que, possivelmente, o jovem policial foi até o local para fazer levantamentos de informações. O policial havia se formado recentemente e compartilhava nas redes sociais o resultado das operações que atuava. 

Após a morte do jovem, a Polícia Militar emitiu uma nota sobre o caso:

“A Polícia Militar do Paraná lamenta o falecimento do Soldado Gabriel Thomaz Feuerstein Fadel e se solidariza com os seus familiares e amigos. A Corporação está aplicando seus esforços nos trabalhos de inteligência, em colaboração à Polícia Civil do Paraná, buscando a elucidação do delito”, informou.

Redes sociais

47,000FãsCurtir
13,700SeguidoresSeguir
500InscritosInscrever

Últimas notícias

spot_img

Mais visitadas