Anvisa interrompe jogo entre Brasil e Argentina após descumprimento de protocolo

Jogo foi paralisado por conta de quatro jogadores que não cumpriram quarentena ao entrar no país. Foto: Rubens Cavallari/Folhapress.

O duelo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, na Neo Química, foi interrompido com apenas 7 minutos de partida após a entrada de agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no gramado.

Após discussão no campo, que envolveu alguns atletas argentinos e profissionais do órgão sanitário, a equipe treinada pelo técnico Lionel Scaloni se encaminhou para os vestiários do estádio corintiano. Os brasileiros permaneceram no gramado.

Em comunicado publicado pelo Twitter, a Conmebol confirmou a suspensão do jogo “por decisão do árbitro da partida”. Ainda segunda a nota, o árbitro e o comissário da partida levarão um informa à Comissão Disciplinar da Fifa, que deverá determinar os próximos passos, de acordo com o regulamento.


Horas antes do jogo, a Anvisa afirmou que atletas argentinos descumpriram regras de quarentena contra a Covid-19. Em nota divulgada neste domingo (5), a agência disse que acionou a Polícia Federal e que os argentinos devem ser imediatamente isolados.


Segundo a Anvisa, os atletas deram informações falsas e ocultaram que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias. Viajantes que passaram recentemente por este e mais alguns locais (África do Sul, Irlanda do Norte e Índia) não podem entrar no Brasil, conforme regra adotada pelo governo Jair Bolsonaro para evitar a disseminação de variantes da Covid-19.

Redação Portal RDX

Ler anterior

Bebê de cinco meses morre após se afogar com leite materno em Três Barras

Ler próxima

Colisão entre motos deixa duas pessoas feridas na Rua Dona Estefânia