22.9 C
São Mateus do Sul
segunda-feira, julho 22, 2024
InícioCidadesIratiEx-prefeito de Irati, Antônio Toti Colaço Vaz, morre aos 81 anos de...

Ex-prefeito de Irati, Antônio Toti Colaço Vaz, morre aos 81 anos de idade

Data:

Compartilhe essa notícia:

Toti, como era carinhosamente conhecido, exerceu o cargo de prefeito entre os anos de 1983 e 1989 e de 2001 a 2004. Ele também exerceu o cargo de deputado estadual de 1995 a 1998. No rádio, ele era proprietário da extinta Rádio Difusora, atual Rádio T FM de Irati. Foto: Marli Traple/Reprodução/Folha de Irati.

Morreu neste domingo (16), às 12h20, em Curitiba, o ex-prefeito de Irati, Antônio Toti Colaço Vaz, aos 81 anos de idade. Toti, como era carinhosamente conhecido, exerceu o cargo de prefeito entre os anos de 1983 e 1989 e de 2001 a 2004. Também exerceu o cargo de deputado estadual de 1995 a 1998. Ele também atuou no ramo de comunicação, sendo proprietário da extinta Rádio Difusora Cultural Iratiense AM 950 kHz, fundada em 1948 e sendo a primeira emissora de rádio de Irati (atual Rádio T FM).

Nascido em 1 de junho de 1943 na localidade do Pirapó, em Irati. Foi vereador, prefeito eleito em uma disputa histórica em 1982. O “negrinho” era eleito representado a população mais humilde da cidade em um mandato de 1983 a 1988. O apelido Toti foi incluso ao nome devido a sua vida política e o apelido era tão forte que teve de ser incluso ao nome. No seu primeiro mandato, teve Alfredo Van Der Neut como vice, que lamentou a morte do líder politico. “Planejamos Irati juntos, pensamos no desenvolvimento da cidade que tenho grande prazer de poder ter compartilhado um mandato junto do Toti e sucedido na prefeitura de Irati”, se manifestou Alfredo. 

“Tenho orgulho em ter sido escolhido para dividir o mandato junto dele e ter aprendido muito com seu jeito de fazer política e defender os mais humildes. Dentre suas marcas, a articulação se destaca. Abriu espaço para juventude em seu mandato e varios profissionais recém formados tiveram espaço no nosso primeiro mandato”, diz Van Der Neut.

Seu primeiro mandato de prefeito coincidiu com a eleição de José Richa, sendo um grande período de desenvolvimento para o Paraná e para Irati. Já no primeiro ano de mandato sofreu as ações climáticas de uma grande enchente onde testou suas habilidade como político e como gestor público. Foi nesta época que nasceu a ideia de criar o bairro Alto da Lagoa, removendo grande parte de pessoas que moravam em áreas ribeirinhas. 

O seu segundo mandato como prefeito foi de 2001 a 2004 e teve Orlando Agulhan Jr como vice. Agulhan diz que “o Toti, além de bom amigo, foi uma pessoa que buscou na vida pública se pautar pelo amor ao próximo, com certeza foi um dos maiores líderes de Irati”. 

Em 1994 Toti foi eleito deputado estaual pelo PMDB l, com 25210 votos para o mandato de 1995 a 1998. Foi um líder político marcante na região, sendo uma das referências políticas e carismáticas do segmento. De origem humilde, tinha facilidade, identidade com a população humilde. Campanhas disputadas e fatos pitorescos marcam seu trajeto político. Foi um grande líder respeitado e abriu as portas da vida pública para inúmeros líderes que ainda transitam na vida pública. 

Jorge Derbli, prefeito de Irati e presidente da Amcespar, diz que a atuação política de Toti Colaço tornou-se um divisor de águas na história política de Irati e região. Trouxe o Banco da Terra para junto da Amcespar. Enquanto deputado, conseguiu viabilizar o asfalto entre Irati e Imbituva. Como prefeito, trouxe a hemodiálise para Irati. Falo destas duas conquistas para mostrar um pouco do trabalho de um homem de origem simples e preocupado com as causas dos menos favorecidos. Mas seus feitos são inúmeros e marcantes como a compra do terreno para a construção do CT Willy Laars.

Seu corpo será transladado para Irati, e velado na Câmara Municipal de Irati.  O horário do sepultamento ainda não foi definido. Ele deixa a esposa Tany e as filhas Tays e Tamis.  

Na redes sociais, a Prefeitura de Irati postou uma nota lamentou o falecimento do ex-prefeito e empresário.

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, decretou luto oficial de três dias no município em razão do falecimento do ex-prefeito Antônio Toti Colaço Vaz, aos 81 anos, ocorrido neste domingo (16).

Toti, como era carinhosamente conhecido, realizou trabalhos inestimáveis à população Iratiense. Exerceu cargo de prefeito entre os anos 1983 a 1989 e 2001 a 2004 e deputado estadual de 1995 a 1998.

As homenagens são feitas por seu trabalho, exemplo e dedicação, que contribuíram para o desenvolvimento do município e de toda população. Será lembrado com carinho pela pessoa exemplar e dedicação à vida pública.

Da Redação RDX, com informações Folha de Irati e Prefeitura Municipal de Irati

Redes sociais

51,000FãsCurtir
18,800SeguidoresSeguir
1,160InscritosInscrever

Últimas notícias

Mais lidas