Moradores das vilas Amaral e Pinheirinho criam grupos de WhatsApp para denunciar e evitar onda de furtos

Ouça a entrevista com moradores que idealizaram os grupos. Foto: Cláudia Burdzinski/Portal RDX.

Moradores das vilas Amaral e Pinheirinho, em São Mateus do Sul, criaram grupos de WhatsApp para denunciar e evitar casos de furtos, através do aplicativo de troca de mensagens.

Na Vila Pinheirinho, a ideia surgiu em 2017 pela moradora Gabriele Nadolny, após a casa de sua irmã e de outras duas pessoas terem sofrido assalto a mão armada. “Nós percebemos uma onda de furtos na região, e criamos esse grupo para unir os vizinhos. Se alguém vê uma pessoa em atitude suspeita, um carro parado em algum lugar, já é informado ali. O grupo tem surtido efeito na segurança dos moradores, já que nos últimos dias, três suspeitos foram presos”, revela.

Outro grupo foi criado por moradores da Vila Amaral e tem ajudado na segurança do bairro. A moradora Clara Alegre dos Santos, disse que a parceria com a Polícia Militar tem resultado na rápida prisão e identificação desses autores, graças às denúncias pelo aplicativo. “No grupo os vizinhos informam a rua e o local que um suspeito estava passando, fortalecendo a união entre todos. Quando percebemos algo de errado, a PM é acionada e rapidamente vai até o local”.

Edinei Cruz

Repórter e Locutor da RDX FM Instagram: @edineicruzsms

Ler anterior

5 mil testes da covid-19 foram adquiridos para testagem em massa de São Mateus do Sul

Ler próxima

União da Vitória registra a 47ª morte por Covid-19